Engie entra em acordo para venda de 70% de participação em energética a carvão

A Engie espera que o acordo seja concluído no primeiro trimestre de 2018

Negócio e o preço

A Engie SA anunciou nesta quinta-feira que chegou a um acordo vinculativo condicional com a Chow Tai Fook Enterprises Ltd. para vender sua participação de 70% na estação de energia de carvão Loy Yang B na Austrália.

A empresa francesa não divulgou o valor do acordo com a Chow Tai Fook Enterprises, proprietário da Alinta Energy, mas espera que sua dívida financeira líquida seja reduzida em € 666 milhões (US $ 783,9 milhões) como resultado da transação.

“Esta transação confirma o posicionamento da Engie em geração de baixas emissões de carbono, infraestruturas de energia e soluções integradas para clientes”, disse o executivo-chefe Isabelle Kocher.

A Engie espera que o acordo seja concluído no primeiro trimestre de 2018.

Depois da venda, o carvão representou 6% da capacidade de produção de energia da Engie, disse, em comparação com 13% no final de 2015.

Chow Tai Fook Enterprises também comprará a participação restante de 30% na planta, que emprega 151 pessoas, da Mitsui & Co. Ltd (8031.TO).

As informações são da Ag. Internacional

0 acharam esta informação útil

0 não acharam esta informação útil

Assuntos desta notícia