Eurelectric elege Francesco Starace como novo presidente

Durante seu mandato de dois anos, o principal objetivo de Starace será trabalhar com todos os principais intervenientes ​​do setor de energia

Divulgação

Francesco Starace, CEO e Diretor Geral da Enel, foi eleito novo presidente do sindicato europeu da indústria elétrica, o EURELECTRIC, com mandato de dois anos pelo Conselho de Administração da associação durante sua Reunião Anual realizada em Estoril, Portugal.

“É uma grande honra ser o novo presidente da EURELECTRIC, uma associação que dá ao setor elétrico europeu um papel de liderança na transição energética que acontece hoje”, disse o CEO da Enel, Francesco Starace. “O setor de energia está passando por uma transformação sem precedentes, decorrente da inovação tecnológica, da descentralização e da pressão por uma economia mais ecologicamente correta. Enquanto presidente da EURELECTRIC, eu farei com que todos os intervenientes do setor de energia ajudem a transformá-lo no principal motor das políticas energéticas europeias para enfrentar os grandes desafios da transição energética”.

A EURELECTRIC representa os interesses comuns do setor da eletricidade de toda a Europa, com a missão de contribuir para o seu desenvolvimento e competitividade, proporcionando uma representação efetiva nos assuntos públicos e promovendo um mix energético de baixo teor de carbono para o progresso da sociedade europeia. A associação reúne 3.500 empresas em toda a Europa com um volume de negócios total de € 200 bilhões e trata de todas as principais questões que afetam o setor, desde a geração de energia e mercados, passando por redes de distribuição, clientes, até questões ambientais e de sustentabilidade.

O mandato de dois anos de Starace como presidente da EURELECTRIC se concentrará em três prioridades:

1. mudar a mentalidade, incorporando a sustentabilidade no processo de tomada de decisão da indústria, tornando o setor elétrico mais ágil e proativo, além de envolver todos os principais interessados no processo de transição energética;
2. abraçar o futuro, impulsionando a eletrificação e criando novos modelos de negócios transsetoriais;
3. transformar o presente, integrando energias renováveis ​​e desenvolvendo soluções sustentáveis ​​e inclusivas, alternativas à atual base de ativos altamente dependente de carbono.

Estas prioridades darão ao setor elétrico europeu as ferramentas certas para liderar a transição energética.

De acordo com as prioridades da EURELECTRIC, a digitalização e o foco no cliente são dois dos principais pilares do plano estratégico 2017-2020 da Enel. A Enel irá investir 4,7 bilhões de euros ao longo do período de três anos para digitalizar sua base de ativos, operações e processos e aumentar a conectividade. O Grupo também promoverá melhorias nos serviços ao cliente para preservar e expandir sua base de clientes, que hoje conta com quase 66 milhões de usuários, com o objetivo de gerar um EBITDA de €3 bilhões  em 2019. Além disso, cerca de 90% do investimento em crescimento para 2017-2019 da Enel, no valor de €12,4 bilhões, é dedicado a fontes renováveis ​​e redes. O Grupo também se comprometeu a descarbonizar totalmente o seu mix de geração até 2050 e a estabelecer metas específicas para contribuir com quatro dos Objetivos de Desenvolvimento Sustentável da ONU (4 – educação de qualidade, 7 – energia acessível e limpa, 8 – trabalho decente e crescimento econômico , 13 – ação climática).

0 acharam esta informação útil

0 não acharam esta informação útil

Assuntos desta notícia