Fundo de Investimento passa a deter ações da Energisa

Negócio tem como objetivo a criação de valor paras os cotistas

Arquivo: UI

A Energisa divulgou comunicado nesta segunda-feira, logo depois do fechamento do mercado, que recebeu comunicação do Banco J.P Morgan referente a realização do negócio privado de compra e venda de Units da companhia de energia.

No comunicado, o J.P Morgan, na qualidade de administrador, o Yankee 2 Fundo de Investimento Multimercado Investimento no Exterior, confirma que em 01 de julho, passou a deter a quantidade total de 8.383.941 units, cada uma composta por 1 ação ordinária e 4 ações preferenciais de emissão da Energisa, correspondentes a 8.383.941 ações ordinárias (1,41% do total de ações ordinárias emitidas pela Energisa) e 33.535.764 ações preferenciais (5,14% do total de ações preferenciais emitidas pela Energisa.

A participação do Fundo no capital  da Energisa tem como objetivo a criação de valor paras os cotistas, sendo que o Fundo não tem por objetivo alterar a composição do controle ou a estrutura administrativa.

Além disso, o Fundo não detém qualquer debênture conversível em ações de emissão da Energisa e também não possui qualquer acordo ou contrato regulando o exercício do direito de voto ou a compra e venda de valores mobiliários de emissão da companhia de energia.

0 acharam esta informação útil

0 não acharam esta informação útil

Assuntos desta notícia