Isa CTEEP fica com lucro líquido de R$454 milhões no terceiro trimestre de 2017

A Receita Operacional Líquida no 3T17 atingiu R$ 744,2 milhões

Arquivo:UI

A ISA CTEEP é uma das mais relevantes empresas de transmissão do setor elétrico brasileiro, transmitindo, aproximadamente, 25% de toda a energia elétrica produzida no País, 60% da energia consumida na Região Sudeste e quase 100% no Estado de São Paulo.

O Lucro Líquido no 3T17 totalizou R$ 454,3 milhões, decorrente do impacto de R$ 250,2 milhões da remuneração do ativo de concessão do RBSE.

A Receita Operacional Líquida no 3T17 atingiu R$ 744,2 milhões, impactada, principalmente pela remuneração do ativo de concessão do RBSE de R$ 379,1 milhões no período. Excluindo esse efeito a receita líquida consolidada do 3T17 foi de R$ 365,1 milhões.

No 3T16, o impacto do reconhecimento do RBSE foi de R$ 6.316,0 milhões, o que gerou uma receita líquida de R$ 6.734,9, excluindo esse efeito a receita atingiu no 3T16, R$ 418,9 milhões.

O resultado financeiro consolidado atingiu receita de R$ 21,9 milhões no 3T17, frente a despesa de R$ 25,4 milhões registrada no 3T16.

A variação reflete, principalmente, a adesão ao Programa Especial de Regularização Tributária – PERT, que gerou redução nos valores de juros e multas devidos, registrando ganho nos juros ativos no montante de R$ 50,9 milhões, combinado com a redução nos juros e encargos sobre debêntures, pela liquidação parcial em dezembro de 2016, da 1ª emissão (2ª série) e da 3ª emissão e pelo menor nível do custo médio da dívida que passou de 11,4% a.a. em 31/12/2016 para 8,8% a.a. em 30/09/17.

O Ebitda Consolidado foi de R$ 241,7 milhões no 3T17 e a margem EBITDA foi de 66,2%.

A dívida bruta consolidada em 30 de setembro de 2017 somou R$ 1.771,2 milhões, aumento de 75,3% em relação ao final de 2016, quando registrou R$ 1.010,4 milhões, refletindo a emissão de Debêntures de Infraestrutura de R$ 300,0 milhões, em março de 2017;  o contrato de crédito internacional, nos termos da Lei nº 4131/1962, no valor de R$ 160,0 milhões, em julho de 2017; a contratação de R$ 134,0 milhões de BNDES em agosto de 2017, para aquisição de máquinas e equipamentos, para implementação do Plano de Investimentos relativo aos períodos de 2016 e 2017.

As disponibilidades da ISA CTEEP consolidada somaram R$ 639,7 milhões em 30 de setembro de 2017, aumento de 87,8% em comparação ao registrado em 31 de dezembro de 2016, quando atingiu R$ 340,6 milhões. Este aumento decorre, principalmente, do início do recebimento do caixa do RBSE. Dessa forma, a dívida líquida consolidada totalizou R$ 1.131,5 milhões, apresentando aumento de 68,9 % em relação à dívida líquida ao final de 2016.

 

 

0 acharam esta informação útil

0 não acharam esta informação útil

Assuntos desta notícia