Petrobras e a corrupção

Petrobras rebate divulgação das perdas com a “Operação Lava Jato”

A Petrobras divulgou nesta quinta-feira mais uma nota da série esclarecimentos. A estatal rebate a matéria publicada em um jornal impresso e de circulação nacional com o título: …

A Petrobras divulgou nesta quinta-feira mais uma nota da série esclarecimentos. A estatal rebate a matéria publicada em um jornal impresso e de circulação nacional com o título: “Petrobras deverá ter perdas por corrupção de R$ 10 bilhões em balanço”.

Segundo o comunicado, em função dos desdobramentos da “Operação Lava Jato”, deflagrada pela Polícia Federal e que investiga a quadrilha que atuava na estatal, estão sendo realizadas análises necessárias para o fechamento e divulgação das demonstrações contábeis do terceiro trimestre de 2014, incluindo a avaliação individual de ativos e projetos cuja constituição se deu por meio de contratos de fornecimento de bens e serviços firmados com empresas citadas na Operação, o que poderá resultar no reconhecimento de perdas e consequente revisão de seu ativo imobilizado a serem refletidas nos resultados do trimestre de 2014.

Em relação aos cortes de investimentos para 2015, também conforme já divulgado, a petroleira reitera que está revisando o planejamento para o ano de 2015, implementando uma série de ações voltadas para a preservação do caixa, de forma a viabilizar seus investimentos sem a necessidade de efetuar novas captações. Essas medidas incluem a antecipação de recebíveis, a redução do ritmo dos investimentos em projetos, a revisão de estratégias de preços de produtos e a redução de custos operacionais em atividades ainda não alcançadas pelos programas estruturantes.

No entanto, o valor do referido ajuste assim como o percentual de corte nos investimentos ainda estão sendo analisados, portanto, a Petrobras não confirma os valores citados na matéria.

0 acharam esta informação útil

0 não acharam esta informação útil

Assuntos desta notícia