Petrobras vai vender Refinaria de Pasadena e ativos na África

Plano Estratégico de Desinvestimentos em US$21 bilhões para o biênio 2017/2018 vai prosseguir

Flickr Creative Commons

A Petrobras anunciou nesta quarta-feira a aprovação da recomposição de sua carteira de projetos de parcerias e desinvestimentos. Estão previstas a alienação da Refinaria de Pasadena e da participação na Petrobras Oil & Gas B.V. (PO&G), proprietária de ativos na África.

Estes e os demais projetos de parcerias e desinvestimentos seguirão os procedimentos da sistemática para desinvestimentos revisada, em cumprimento à decisão do Tribunal de Contas da União (TCU), proferida no dia 15 de março.

Conforme essa sistemática, os projetos serão submetidos individualmente à Diretoria Executiva e, se aprovados, serão oportunamente divulgados ao mercado. Serão disponibilizados na página da companhia na Internet os respectivos teasers (divulgação da oportunidade de desinvestimento), que trarão maiores informações sobre os ativos envolvidos, o modelo de negócio e os critérios de seleção de potenciais interessados. Dessa forma, a carteira aprovada é uma carteira de intenções, a partir da qual o início de divulgação de cada projeto se dará individualmente e oportunamente.

A Petrobras esclarece que o seu programa de desinvestimentos é dinâmico e poderá ser alterado devido às condições de mercado e às sucessivas análises do portfólio, de forma aderente ao Planejamento Estratégico da companhia. Além disso, a realização de cada desinvestimento dependerá da evolução das negociações e da obtenção das aprovações necessárias, podendo, portanto, haver alterações ao longo dos processos de parcerias e desinvestimentos.

Por fim, a Petrobras reafirma a manutenção da sua meta de parcerias e desinvestimentos estabelecida no Plano Estratégico de US$ 21 bilhões para o biênio 2017/2018.

 

0 acharam esta informação útil

0 não acharam esta informação útil

Assuntos desta notícia