Produção do setor eletroeletrônico sobre 3% no primeiro semestre de 2017, diz Abinee

Segundo a Abinee, desempenho foi melhor que o apresentado pela indústria geral

Arquivo: UI

A produção do setor eletroeletrônico apontou crescimento de 3,1% no primeiro semestre de 2017 em relação ao mesmo período de 2016. É o que mostram os dados divulgados pelo IBGE e agregados pela Associação Brasileira da Indústria Elétrica e Eletrônica (Abinee). O incremento do setor eletroeletrônico foi superior ao verificado na indústria geral (+0,6%) e na indústria de transformação, que recuou 0,2%. Os dados foram apresentados nesta sexta-feira.

O aumento da produção da indústria eletroeletrônica ocorreu em função da alta de 18,5% na área eletrônica, uma vez que a indústria elétrica recuou 7,1%.

No mês de junho, a produção industrial do setor eletroeletrônico recuou 2,2% em relação a junho de 2016. A queda foi decorrente da retração de 10,7% na produção da indústria elétrica, uma vez que a área eletrônica aumentou 11,0% em relação a junho do ano passado. Na comparação com maio, com ajuste sazonal, a retração foi de 3,3%, resultado de uma queda de 1,9% na área elétrica e de 4,9% na eletrônica.

No acumulado dos últimos 12 meses, a produção da indústria eletroeletrônica aumentou 0,5%, em decorrência do desempenho da indústria eletrônica (+9,2%), uma vez que a área elétrica diminuiu 5,8%.

 

0 acharam esta informação útil

0 não acharam esta informação útil

Assuntos desta notícia