RGE inaugura Subestação e Linha de Transmissão em Sananduva

Conjunto de obras vai ampliar em 53% a capacidade elétrica do município e vai beneficiar cidades vizinhas

Arquivo: SE

A Rio Grande Energia (RGE), distribuidora do Grupo CPFL Energia, realiza, nesta quinta-feira, a entrega de um conjunto de obras que vai levar Sananduva a uma nova realidade energética. A concessionária, presente em 255 municípios do Estado, investiu R$ 14,1 milhões na construção de uma Linha de Transmissão (LT), uma Subestação (SE) e uma Estação Avançada (EA). Com o funcionamento de novo complexo, a capacidade elétrica da cidade e da região dará um salto de 53% frente ao atual cenário.

Os projetos fazem parte do planejamento estratégico da RGE para ampliar e fortalecer toda sua rede de energia elétrica no Rio Grande do Sul. Com a operação dos novos ativos, 58 mil moradores de Sananduva, Lagoa Vermelha e São João da Urtiga serão beneficiados diretamente. Além disso, outras 35 mil pessoas que vivem em Paim Filho, Cacique Doble, São José do Ouro, Barracão, Machadinho, Maximiliano de Almeida, Tupanci do Sul e Santo Expedito do Sul vão ser beneficiadas indiretamente devido ao ganho de qualidade da capacidade energética de toda região.

Somente na construção da LT de 138.000 Volts, a RGE investiu R$ 7 milhões. A linha tem 21,3 Km de extensão e foi ligada, por meio conexão, no município de Ibiaçá, com a Linha de Transmissão Lagoa Vermelha-Tapejara. A linha passa por 56 propriedades de área urbana e rural e conta com 58 estruturas metálicas e quatro de concreto para sustentar o cabeamento e possibilitar a energização da Subestação.

A Subestação, uma das mais modernas existentes no Grupo CPFL, teve investimento de R$ 7,1 milhões e tem uma capacidade instalada de 12,5 MVA. Ela é composta por um transformador, que rebaixa a tensão da linha para os níveis de média tensão de distribuição aos consumidores. A SE ainda está equipada com quatro alimentadores, os quais servem para levar a eletricidade para a rede de distribuição já existente na cidade.

O prédio serve como uma base operacional aos colaboradores que atuam em caso de contingências na rede e também nos atendimentos comerciais da cidade e da região.

Para o presidente da RGE, José Carlos Saciloto Tadiello, a inauguração do conjunto de obras atenderá, por muitos anos, a demanda de energia da região e permitirá aos municípios beneficiados a aumentar suas capacidades produtivas em todas as classes de consumo. “Os investimentos da concessionária são planejados e realizados de uma forma criteriosa e estratégica. Com as obras que estamos entregando em Sananduva fortalecemos não apenas o sistema elétrico da cidade, mas o de toda a região”, afirma Tadiello.

0 acharam esta informação útil

0 não acharam esta informação útil

Assuntos desta notícia