Robô de chapisco de solda com Eletrodo é a mais nova promessa para moendas de açúcar

O robô de solda com eletrodo promete acabar com um dos maiores problemas das usinas de açúcar e álcool, soldar as camisas de moendas na extração da cana

Divulgação

Atualmente, o profissional denominado de chapiscador é o responsável pela solda das moendas nas fazendas de cana de açúcar. Usando apenas uma vareta presa a uma máquina de solda, em um ambiente considerado agressivo e com restilo de cana, os operadores trabalham diretamente expostos aos riscos de saúde e periculosidade que a atividade proporciona.

Para melhorar as condições de trabalho desses soldadores, extinguindo-os dos perigosos a que são expostos diariamente, e dar maior resultado às usinas a empresa DUO AUTOMATION desenvolveu o primeiro Robô de Chapisco que utiliza o Eletrodo como consumível. O robô simula a atividade do ser humano e proporciona a melhoria ao dar exatidão a solda de moendas.

Segundo Marcos de Lima, desenvolvedor do robô, calcula-se uma economia em consumível, leis trabalhistas e resultado na extração, equivalente a 1.3 milhões de reais por safra.

Em desenvolvimento desde 2012, o equipamento é totalmente automatizado e independente, atuando dentro das normas de segurança e projetado para duração de 10 anos dentro das condições da moenda com proteção IP65.

0 acharam esta informação útil

0 não acharam esta informação útil

Assuntos desta notícia