UHE São Manoel conclui descida do rotor da turbina UG4

Próximo passo é descer o rotor gerador e, posteriormente, fechar a máquina para iniciar a fase de testes a seco e com água

Divulgação; Furnas

No último sábado (27), mais uma importante etapa foi concluída na usina hidrelétrica de São Manoel  com a descida do rotor da turbina da quarta unidade geradora (UG4). Com 548 toneladas e 9,75 metros de diâmetro, o conjunto Kaplan é um dos maiores do mundo em dimensão. O rotor é a parte da turbina que tem contato direto com a água e é responsável pela movimentação do rotor do gerador. É constituído de ogiva, cubo do rotor, cinco pás, eixo e tampa intermediária. As unidades geradoras UG1 e UG2 já estão em operação comercial.

“A descida da Árvore Kaplan da última unidade geradora da usina de São Manoel é mais um marco na construção do empreendimento. O próximo passo é descer o rotor gerador e, posteriormente, fechar a máquina para iniciar a fase de testes a seco e com água. Desde o início, a montagem foi um grande desafio de logística por conta das distâncias, mas agora falta pouco para concluirmos essa etapa da implantação”, explicou Rodrigo Calixto, superintendente de Empreendimentos de Geração de FURNAS.

Localizada entre os municípios de Jacareacanga, no Pará, e Paranaíta, no Mato Grosso, a hidrelétrica conta com quatro unidades geradoras tipo Kaplan de 175MW cada, totalizando 700MW de capacidade instalada, o que representa energia suficiente para abastecer uma cidade com 2,5 milhões habitantes. O empreendimento é construído pela Sociedade de Propósito Específico São Manoel Energia, formada por FURNAS, EDP do Brasil e CTG Brasil.

0 acharam esta informação útil

0 não acharam esta informação útil

Assuntos desta notícia