CCEE: PLD sobe em todos os submercados

Preço médio da primeira semana de novembro é fixado em R$ 233,01/MWh com aumento de 41%

A Câmara de Comercialização de Energia Elétrica (CCEE) informa que o Preço de Liquidação das Diferenças – PLD para o período entre 29 de outubro e 4 de novembro subiu 41% em todos os submercados ao passar de R$ 165,81/MWh para R$ 233,01/MW. O preço fica equalizado uma vez que os limites de intercâmbio entre os submercados não são atingidos.

As afluências verificadas em outubro ficaram em 81% da Média de Longo Termo – MLT, fechando abaixo da média em todos os submercados: Sudeste (82%), Sul (95%), Nordeste (38%) e Norte (53%). Em novembro, as ENAs também são esperadas em 81% da MLT para o Sistema. As afluências abaixo da média contribuem para o aumento do PLD.

Outro fator que impacta a subida no preço é a revisão da carga da ANDE, que ficou em média cerca de 280 MWmédios mais alta que a estimativa do mês anterior, índice que, em alguns meses do ano, alcançou 550 MWmédios.

A carga prevista para o Sistema na primeira semana de novembro está aproximadamente 500 MWmédios mais baixa frente a previsão anterior com redução prevista sobretudo no Sudeste (-600 MWmédios).

Já os níveis dos reservatórios do SIN estão aproximadamente 1.150 MWmédios acima da última previsão semanal com elevação observada em todos os submercados com exceção do Nordeste (-150 MWmédios). As elevações foram de 810 MWmédios no Sudeste, 120 MWmédios no Sul e 380 MWmédios no Norte.

O fator de ajuste do MRE para outubro foi estimado em 85,6% e a previsão para novembro é de 92,1%. Os Encargos de Serviços do Sistema – ESS são esperados em R$ 203 milhões em outubro, sendo R$ 167 milhões referentes à segurança energética. Já para o próximo mês, o ESS previsto é de R$ 149 milhões com o montante de R$ 147 milhões associado à segurança energética.

0 acharam esta informação útil

0 não acharam esta informação útil

Assuntos desta notícia