EnerSolar e ABSOLAR juntas em evento voltado para energias renováveis

Custos com essas tecnologias estão mais acessíveis, sendo esse outro fator que movimenta o mercado

Renováveis na China

No período de 15 a 17 de julho de 2015 será realizada a 4ª edição da EnerSolar+Brasil| Feira Internacional de Tecnologias para Energia Solar, em parceria com a ABSOLAR |Associação Brasileira de Energia Solar Fotovoltaica, no São Paulo Expo Exhibition & Convention Center, em São Paulo, numa promoção da Fiera Milano. Dirigida para o público especializado, a feira será um importante local de encontro dos profissionais do setor e de oportunidades para negócios na América do Sul. Grandes marcas apresentarão variadas tecnologias, serviços e soluções para aplicações industriais e civis, nos segmentos de energia térmica solar e fotovoltaica, inversores e outras energias renováveis.

O Brasil, com sua localização geográfica privilegiada, é um país que possui o mercado ideal para o desenvolvimento da energia solar e uma das matrizes energéticas mais limpas do mundo. Órgãos governamentais e a sociedade têm cada vez mais interesse em adotar medidas de eficiência energética e novas formas de gerar energia. Entre os motivos, segundo Rodrigo Sauaia, diretor executivo da ABSOLAR, está a alta tarifa de energia elétrica que ainda é custosa no bolso dos brasileiros. Rodrigo diz que em 2015 o reajuste extraordinário na tarifa de energia elétrica já chega a quase 30%, e a expectativa é que ao longo do ano essa porcentagem fique entre 30 a 50% de reajuste médio, muito acima da inflação.

Como resultado vê-se a busca por alternativas mais econômicas e a energia solar aparece como uma boa opção para quem quer gerar energia a partir de seus telhados. Nesse contexto, o mercado deste segmento tem sido bastante atrativo e expansivo. Empresas de grande porte estão importando regularmente produtos para o Brasil, há mais disponibilidade de equipamentos, serviços, oportunidades de trabalho e consumidores mais atentos e informados sobre os benefícios da tecnologia verde. O ano de 2015 iniciou com forte movimentação mercadológica e boas expectativas. “Gerar a própria energia por meio do sol já é mais econômico do que comprar energia das distribuidoras para mais de 50% dos consumidores em várias regiões do país”, diz Rodrigo.

De acordo com o diretor, existe um potencial enorme para se utilizar energia fotovoltaica em sistemas híbridos. É uma oportunidade de novos negócios para empresas de geração e comercialização de energia elétrica interessadas em energia solar. Ele ressalta a utilização modular da fotovoltaica, ou seja, a mesma tecnologia pode ser usada em uma pequena residência, num comércio de médio porte, usina ou indústria de grande porte, em variadas potências e configurações. “Nem toda região do Brasil tem um bom recurso eólico, biomassa ou água disponíveis, mas sol todo mundo recebe. Por isso, entre as fontes de energias, a fotovoltaica é uma das mais democráticas”, observa.

Nelson Colaferro, presidente do Conselho de Administração da ABSOLAR, aponta que os custos com essas tecnologias estão mais acessíveis, sendo esse outro fator que movimenta o mercado. Segundo o presidente, os preços estão mais compatíveis com a realidade brasileira e o investimento em energias renováveis, hoje, está mais viável. “A movimentação do mercado está andando rápido em todo o país, sem restrições. Acredito esse é o primeiro ano de um crescimento importante que vai se manter pelos próximos 10 ou 15 anos e consolidar de vez esse mercado”, analisa. Nelson ainda enfatiza que a EnerSolar também é muito importante para promover o setor, abrindo espaços de diálogos, discussões e encontros entre fornecedores e consumidores.

Ver agenda.

0 acharam esta informação útil

0 não acharam esta informação útil

Assuntos desta notícia