PLD cai 33% no Sudeste/Centro-Oeste, Nordeste e Norte

Carga prevista para o sistema tem redução de 1.700 MWmédios na primeira semana de agosto

A Câmara de Comercialização de Energia Elétrica – CCEE informa que o Preço de Liquidação das Diferenças – PLD médio para o período de 1º a 7 de agosto ficou 33% menor ao valor registrado na semana anterior nos submercados Sudeste/Centro-Oeste, Nordeste e Norte, sendo fixado em R$ 118,81/MWh. No Sul, o preço médio teve um aumento de 25% ao atingir o mesmo valor dos demais submercados.

As afluências verificadas no mês de julho ficaram acima da média no Sudeste (133%) e no Sul (259%), elevando os níveis dos reservatórios ao longo do mês. As altas afluências verificadas no Sul permitiram que quase todos os reservatórios deste submercado atingissem sua capacidade máxima.

Para agosto, a previsão continua otimista com afluências em 105% da média histórica no Sistema Interligado Nacional – SIN. A expectativa para Sudeste e Sul é de 100% e 132% da MLT, respectivamente. Já os números do Nordeste (54%) e Norte (85%) seguem abaixo da média.

Os índices positivos do Sudeste e do Sul contribuíram para a redução do PLD em todos os submercados, com exceção do Sul, onde mesmo com afluências acima da média, o envio de energia para o Sudeste não atinge mais o limite de intercâmbio entre estas regiões, resultando na equalização dos preços entre estes submercados e na elevação no PLD do Sul.

A melhora nas afluências do Sudeste resultaram em níveis de armazenamento de cerca de 600 MWmédios acima do previsto. Já no Sul, mesmo com as altas afluências, houve queda de 250 MWmédios devido ao constante envio de energia para o Sudeste. Os níveis do Norte também ficaram mais baixos que o previsto (-200 MWmédios), em razão das baixas afluências verificadas. No Nordeste, não houve variação significativa.

Outro fator de forte influência na redução do PLD foi a revisão extraordinária da carga, que no longo prazo – agosto de 2015 a dezembro de 2019 – apresentou redução média de aproximadamente 600 MWmédios para o sistema. Esta redução, por sua vez, foi impactada pela queda esperada para o Sudeste (-950 MWmédios) e Sul (-130 MWmédios). No Nordeste e no Norte são esperados aumentos de 250 MWmédios e 200 MWmédios, respectivamente.

Considerando apenas a primeira semana de agosto, a expectativa de redução na carga de todos os submercados é de aproximadamente 1.700 MWmédios (900 MWmédios somente no Sudeste). As reduções foram de 180 MWmédios no Sul, 500 MWmédios no Nordeste e 120 MWmédios no Norte.

0 acharam esta informação útil

0 não acharam esta informação útil

Assuntos desta notícia