PLD da quarta semana de julho cai em todos os submercados

Níveis de armazenamento ficam 3.200 MWmédios acima do esperado

A Câmara de Comercialização de Energia Elétrica – CCEE informa que o Preço de Liquidação das Diferenças – PLD para o período de 18 a 24 de julho teve redução em todos os submercados. No Sul, que registrou o principal recuo (-59%), o preço fixado ficou em R$ 95,88/MWh, atingindo, no patamar de carga leve, o preço mínimo estabelecido pela Agência Nacional de Energia Elétrica – ANEEL de R$ 30,26/MWh. O Sudeste/Centro Oeste e o Nordeste apresentaram 25% de diminuição no preço fixado, sendo R$ 172,69/MWh e R$ 179,81/MWh, respectivamente. Com o preço fixado em R$ 177,84/MWh, a queda no Norte foi de 23%.

A previsão de aumento nas afluências do Sudeste e, principalmente, do Sul foi responsável pela revisão de 118% para 150% da média histórica no Sistema Interligado Nacional – SIN, uma elevação de 12.500 MWmédios em energia, principal fator responsável pela redução do preço em todos os submercados, chegando a causar um impacto de aproximadamente R$ 115/MWh nos preços do Sul.

No Sul, as afluências foram revistas de 155% para 239% da MLT, tendo sido o submercado com maior elevação, o que representa aumento de 9.000 MWmédios. O Sudeste também apresentou aumento significativo (117% para 133% da média) ao verificado na semana passada. A única redução das afluências previstas foi verificada no Norte, que passou de 90% para 85%, enquanto no Nordeste permaneceu em 49% da média.

A expressiva elevação das afluências previstas para o Sul resulta no aumento do envio de energia para o Sudeste, alcançando o limite máximo da capacidade de intercâmbio entre estas regiões em todos os patamares, o que ocasiona a diferença entre os preços desses submercados. Já o envio de energia do Sudeste para o Nordeste e o Norte atingiu o limite apenas no patamar de carga leve, explicando as diferenças nos preços deste patamar.

Os níveis dos reservatórios do Sul estão quase 2.600 MWmédios mais elevados que o previsto no início da quarta semana. Os níveis de armazenamento do Sudeste também estão acima do esperado (+800 MWmédios), enquanto no Norte ficaram abaixo da previsão (-50 MWmédios). Não houve variação dos níveis no Nordeste.

A nova previsão de carga para o sistema permaneceu praticamente estável, elevando-se em cerca de 20 MWmédios.

0 acharam esta informação útil

0 não acharam esta informação útil

Assuntos desta notícia