A-3 tem edital aprovado pela ANEEL

Entrega da energia está prevista para 2018

Eólicas e o A-4

O edital do Leilão de Geração A-3 foi aprovado nesta terça pela Agência Nacional de Energia Elétrica (ANEEL). O certame será realizado no dia 21 de agosto para contratação de energia de novos empreendimentos de geração de fontes hidrelétrica, eólica e termelétricas a biomassa ou a gás natural, com início de suprimento em 1º de janeiro de 2018.

O certame será realizado pela Internet, com operacionalização da Câmara de Comercialização de Energia Elétrica (CCEE), em São Paulo. A energia elétrica gerada será objeto de Contrato de Comercialização de Energia em Ambiente Regulado (CCEAR), nas modalidades por disponibilidade para os empreendimentos eólicos e termelétricos, e quantidade de energia para empreendimentos hidrelétricos.

O Preço Inicial do Produto Disponibilidade será de R$ 218,00/MWh para fonte termelétrica a biomassa e termelétrica a gás natural; e de R$ 184/ MWh para eólicas, enquanto o Preço Inicial do Produto Quantidade, para empreendimentos hidrelétricos será de R$ 216/MWh.

O documento segue as diretrizes publicadas nas Portarias nº. 672/2014, e 68/2015 do Ministério de Minas e Energia (MME). Os documentos relativos ao leilão estarão disponíveis na página da ANEEL (www.aneel.gov.br), a partir desta quarta-feira (22), em Espaço do Empreendedor, Editais de Geração.

Para este leilão, o sistema de cadastramento da Empresa de Pesquisa Energética – EPE recebeu 586 inscrições de empreendimentos, cujas fichas de dados e demais documentos serão examinados no processo de habilitação técnica que antecede a realização do Leilão.

Empreendimentos cadastrados para o Leilão A-3 de 2015

Eólicas, 513, com 12.512,8 MW; Pequenas Centrais Hidrelétricas, 28, com 360,16 MW, Térmicas movidas a biomassa, 24, com 1.114,76; térmicas a gás natural, 21, com 9.218,3 MW. O total é de 23.206,02MW de potência.

Para este certame, a data de início do fornecimento da energia acontecerá em 2018.

0 acharam esta informação útil

0 não acharam esta informação útil

Assuntos desta notícia