ANEEL: Distribuidoras de São Paulo discutem novas tarifas

São cinco distribuidoras que atuam no interior do Estado

Light em valor de mercado

A Agência Nacional de Energia Elétrica (ANEEL) aprovou, nesta terça-feira (10), a abertura de audiência pública para discutir com a sociedade as propostas de revisão tarifária de cinco distribuidoras de São Paulo.

Os valores submetidos à audiência pela ANEEL consistem em uma proposta preliminar de reajuste na conta dos consumidores das concessionárias. Os índices finais somente serão conhecidos em fevereiro quando o assunto será deliberado pela Diretoria da Agência em Reunião Pública Ordinária e o novo índice é aplicado.

A revisão tarifária está prevista nos contratos de concessão e tem por objetivo obter o equilíbrio das tarifas com base na remuneração dos investimentos das empresas voltados para a prestação dos serviços de distribuição e a cobertura de despesas efetivamente reconhecidas pela ANEEL. É aplicada nas concessionárias de distribuição a cada quatro anos, em média.

As distribuidoras são CPFL Mococa, em 10/12; CPFL Sul Paulista, em 26/11; CPFL Leste Paulista, em 11/12; CPFL Santa Cruz, em 27/11; e CPFL Jaguari, em 10/12.

*Duração Equivalente de Interrupção por Unidade Consumidora – DEC – Intervalo de tempo que, em média, no período de observação, em cada unidade consumidora do conjunto considerado ocorreu descontinuidade da distribuição de energia elétrica. Consulte o Módulo I do Prodist.

** Frequência Equivalente de Interrupção por Unidade Consumidora – FEC – Número de interrupções ocorridas, em média, no período de observação, em cada unidade consumidora do conjunto considerado. Consulte o Módulo I do Prodist.

0 acharam esta informação útil

0 não acharam esta informação útil

Assuntos desta notícia