ANEEL revê cotas de energia da Chesf

Dessa forma, entre 7 de julho e 31 de dezembro de 2015, as distribuidoras terão uma menor disponibilidade de cotas para atendimento da demanda

Tarifas
A ANEEL deliberou hoje sobre os efeitos da Medida Provisória nº 677/2015, o montante de cotas das usinas da Companhia Hidrelétrica do São Francisco (Chesf) alocado às concessionárias de distribuição pela Resolução Normativa nº 631/2014.

A MP 677 resultou na frustração do ingresso de 121 MW médios ao regime de cotas a partir de 1º de julho de 2015, postergando a entrada gradual desse montante para 2032. Além disso, a MP motivou a redução excepcional e temporária das cotas preexistentes nas concessionárias de distribuição no montante de 363MW médios entre 7 de julho e 31 de dezembro de 2015.

Dessa forma, entre 7 de julho e 31 de dezembro de 2015, as distribuidoras terão uma menor disponibilidade de cotas para atendimento de sua demanda no montante de 484 MW médios.

0 acharam esta informação útil

0 não acharam esta informação útil

Assuntos desta notícia