Eólicas nas regiões Sul e Nordeste entram em operação

Conforme anunciado na última quinta-feira (07), a usina Verace 34  Eólica Hermenegildo III S.A., no município de Santa Vitória do Palmar (Rio Grande do Sul) está autorizada a  …

Eólica e com mais força

Conforme anunciado na última quinta-feira (07), a usina Verace 34  Eólica Hermenegildo III S.A., no município de Santa Vitória do Palmar (Rio Grande do Sul) está autorizada a  iniciar a operação comercial de quatro unidades geradoras.  Cada uma possui 1.790 kW, totalizando 8.950 kW de capacidade instalada. Ainda em janeiro esta prevista a entrada em operação de  quatro parques de Chapada do Piauí II, no Nordeste, adicionando mais 112,4 MW de potência.

A fonte eólica tem sido um vetor para a produção de energia limpa, ampliando a composição renovável da matriz elétrica brasileira. Somente na quarta-feira (6/1), o Sistema Interligado Nacional registrou 1.433 MWmed de energia dos ventos.

Balanço

Em dezembro de 2015, 13 parques eólicos na região Nordeste entraram em operação comercial, acrescentando 345 MW de potência ao sistema elétrico nacional, suficiente para abastecer 630 mil residências ou uma população de três milhões de pessoas.

Entre as usinas que entraram em operação, quatro estão no Complexo Eólico VamCruz, no município de Serra do Mel (Rio Grande do Norte), com potência de 93 MW; três do Complexo Eólico Sento Sé II (Bahia), com 98,7 MW; quatro do Complexo Eólico de Serra das Vacas, em Paranatama (Pernambuco), com 90,75 MW; e dois parques (60 MW), de um total de seis, do empreendimento Chapada do Piauí II, em Marcolândia e Caldeirão Grande (Piauí). Os investimentos previstos pelos empreendedores são da ordem de R$ 2,1 bilhões.

Os novos empreendimentos começaram a operar antes do prazo contratual da Agência Nacional de Energia Elétrica (Aneel) e já contam com interligação ao sistema de transmissão, garantindo energia elétrica ao Nordeste. Atualmente, as eólicas já atendem 30% da demanda de consumo na região.

Com informações da Eletrobras Chesf*

0 acharam esta informação útil

0 não acharam esta informação útil

Assuntos desta notícia