Ibama dá licença prévia para Linha de Transmissão Marimbondo II – Campinas

Quando concluída, a linha possibilitará o aumento de aproximadamente 1.500 MW na capacidade de intercâmbio de energia elétrica na região

Energia e a tecnologia

O Instituto Brasileiro de Meio Ambiente e Recursos Naturais Renováveis (IBAMA) emitiu a Licença Prévia da Linha de Transmissão (LT) Marimbondo II – Campinas. A LT 500 kV Marimbondo II – Campinas faz parte da solução estrutural para possibilitar o escoamento da energia proveniente da usinas do rio Teles Pires e reforçar o sistema de 500 kV entre as regiões Sul e Sudeste.  Quando concluída, a Linha de Transmissão possibilitará o aumento de aproximadamente 1.500 MW na capacidade de intercâmbio de energia elétrica entre essas regiões.

A Linha de Transmissão, com tensão de 500 kV, tem extensão aproximada de 380 km, atravessando 33 municípios, com faixa de servidão de 60 metros e 758 torres. Ela começará na subestação Marimbondo II, no município de Fronteira (MG), e se estenderá até a subestação de Campinas (SP).

Segundo o IBAMA, o parecer da equipe técnica foi favorável à emissão da licença prévia, desde fevereiro de 2015. A emissão da licença aguardava a apresentação, pelo empreendedor, de todas as certidões do Poder Público Municipal, indicando que a atividade estava em conformidade com a legislação aplicável ao uso e a ocupação do solo.

A linha faz parte do lote B do Leilão de Transmissão realizado pela Agência Nacional de Energia Elétrica (Aneel) em 14 de novembro de 2013, no qual a ATE XXII Transmissora de Energia foi vencedora.

0 acharam esta informação útil

0 não acharam esta informação útil

Assuntos desta notícia