Total de geração em energia nova atinge 2.342 MW, mostra MME

Usina Hidrelétrica de Teles Pires (MT) terá potência instalada de 1.820 MW tem 99,5%

Renovável e o avanço

Conforme avaliação do Ministério do Planejamento e apresentado pelo de Minas e Energias, os investimentos realizados pelo governo federal no primeiro semestre de 2015 resultaram na adição de 2.342 MW de potência instalada no país, sendo 96,2% em fontes renováveis. Esses projetos representaram 78% de tudo o que foi agregado ao Sistema Interligado Nacional (SIN) no período. Os dados constam no  primeiro balanço do Programa de Aceleração do Crescimento – 2015-  apresentados nesta segunda-feira (31).

Entre as obras que estão em construção neste ano destacam-se as Usinas Hidrelétricas Jirau e Santo Antônio, no rio Madeira (RO), que já contam com 64 unidades geradoras e acrescentarão 4.686 MW de capacidade instalada ao Sistema Interligado Nacional (SIN), com energia limpa e renovável e aumentando a garantia de fornecimento elétrico para os brasileiros. Jirau está com 98,9% de suas obras concluídas e Santo Antônio tem 97,9%.

A Usina Hidrelétrica de Teles Pires (MT), com potência instalada de 1.820 MW tem 99,5% das obras completas, e deve começar a fornecer energia para o SIN a partir de novembro deste ano. A usina hidrelétrica de Belo Monte, no Pará, que terá 11.233 MW de capacidade instalada, já está com 73% de suas obras realizadas.

Em construção, nove usinas hidrelétricas terão 15.202 MW de capacidade instalada quando finalizadas, além de oito usinas termelétricas (2.847 MW), 126 usinas eólicas (3.177 MW) e 12 Pequenas Centrais Hidrelétricas (241 MW).  Até 2018, esses empreendimentos aumentarão em 23.922 MW a capacidade de geração de energia elétrica do país a partir de diversas fontes.

Energia renovável

Somente em 2015, já entraram em operação 42 usinas eólicas do PAC, acrescentando 1.092 MW à matriz elétrica brasileira, com energia limpa e renovável, que contribui para que o país cumpra o compromisso de aumentar o uso de fontes renováveis além da hidrelétrica até 2030. Entre eles, encontra-se o Complexo Eólico Verace (RS), com 258 MW de capacidade instalada.

Transmissão de energia

Em projetos de transmissão de energia, em 2015 foram concluídas sete linhas de trans­missão do PAC, totalizando 926 km de extensão, além de seis subestações de energia. Esse total é 100% do que foi acrescentado neste ano ao SIN.

Estão em obras 31 linhas de transmissão do PAC, totali­zando 8.844,7 km de extensão, além de 16 subestações de energia que irão aumentar a capacidade de transformação e transferência de energia entre as regiões, reforçando as estru­turas existentes e aumentando a con­fiabilidade do Sistema.

0 acharam esta informação útil

0 não acharam esta informação útil

Assuntos desta notícia