ANEEL divulga boletim de expansão da oferta de energia

A Agência Nacional de Energia Elétrica (Aneel) publicou nesta quarta-feira o 3º boletim de acompanhamento da expansão da oferta de energia, que está disponível no portal na internet. …

A Agência Nacional de Energia Elétrica (Aneel) publicou nesta quarta-feira o 3º boletim de acompanhamento da expansão da oferta de energia, que está disponível no portal na internet. A publicação, em meio eletrônico, contempla os resultados do acompanhamento da expansão da oferta de energia elétrica no Brasil realizado pela área de fiscalização dos serviços de geração da Agência.

Além de trazer dados estatísticos e estudos analíticos, o boletim apresenta as metodologias e os critérios utilizados na definição das previsões de entrada em operação comercial das usinas do parque gerador brasileiro e se destina a um público formado por especialistas do setor, empresas, comunidade acadêmica, imprensa e todos os interessados no acompanhamento da expansão da capacidade de geração de energia elétrica, fundamental ao desenvolvimento do país.

Nesta edição, também será possível acompanhar algumas das ações que estão sendo desenvolvidas para mitigar a entrada em operação de instalações de geração e de transmissão de forma descasada, o que impacta a injeção de energia no sistema nos prazos inicialmente pactuados.

Para aqueles empreendimentos mapeados, são encaminhados ofícios aos agentes transmissores e geradores envolvidos com a solicitação de informações que contemplem, no mínimo,  execução em acordo com as características técnicas constantes do ato de outorga situação fundiária; licenciamento ambiental; recursos financeiros disponíveis; equipamentos e serviços contratados;  situação do processo de conexão; medição para faturamento; existência de obras e outras informações relevantes.

Quando necessário, os agentes transmissores e geradores são convocados para reunião. Nessa reunião, os agentes devem apresentar a situação de suas obras e os problemas que estejam impactando o cumprimento dos cronogramas. São incentivados o diálogo entre transmissores e geradores e a busca de soluções concretas para os problemas apresentados.  O boletim é produzido com periodicidade trimestral.

0 acharam esta informação útil

0 não acharam esta informação útil

Assuntos desta notícia