Barril do Texas fecha em alta de 1,34%

Por sua vez, os contratos de gasolina com vencimento em julho quase não registraram variações e fecharam em US$ 1,59 o galão

Arquivo: SE

O barril do Petróleo Intermediário do Texas (WTI, leve) fechou em alta de 1,34% nesta terça-feira, aos US$ 50,36, pela primeira vez acima da barreira psicológica de US$ 50 desde julho do ano passado.

Ao final da sessão de hoje na Bolsa Mercantil de Nova York (Nymex), os contratos futuros do WTI para entrega em julho subiram US$ 0,67 em relação ao fechamento de ontem.

A última vez que o barril do Texas tinha fechado acima de US$ 50 foi em 21 de julho de 2015, quando o WTI fechou cotado também em US$ 50,36, embora no dia seguinte tenha voltado a perder esse nível psicológico que não tinha conseguido recuperar até agora.

Os analistas voltaram a atribuir essa alta às sabotagens e ataques a instalações petrolíferas que estão acontecendo na Nigéria, um dos principais produtores de petróleo da África, que obrigaram a reduzir as extrações.

Por sua vez, os contratos de gasolina com vencimento em julho quase não registraram variações e fecharam em US$ 1,59 o galão, enquanto os de gasóleo de calefação para entrega no mesmo mês subiram US$ 0,04 e terminaram o dia cotados a US$ 1,54.

Já os contratos de gás natural com vencimento no mesmo mês não registraram grandes variações e fecharam cotados a US$ 2,47 por cada mil pés cúbicos.

Com Ag.EFE

0 acharam esta informação útil

0 não acharam esta informação útil

Assuntos desta notícia