Barril do Brent fecha em baixa de 2,48%

O preço do Brent alcançou durante a sessão seu nível mais baixo desde março de 2009

Refinarias dos EUA

O barril de petróleo Brent para entrega em setembro fechou nesta sexta-feira no mercado de futuros de Londres em baixa de 2,48%, cotado a US$ 45,46.

O petróleo do Mar do Norte terminou a sessão no International Exchange Futures (ICE) US$ 1,16 abaixo do valor de ontem, que foi de US$ 46,62.

O preço do Brent alcançou durante a sessão seu nível mais baixo desde março de 2009, ao chegar a ser cotado a US$ 45,10. O mínimo registrado em 2015 foi de US$ 45,19, em janeiro.

A maior queda da atividade industrial na China em seis anos e meio aumentou hoje a pressão sobre as negociações dos contratos futuros de petróleo, cujo preço caiu mais de 31% desde maio.

A demanda do gigante asiático, segundo maior consumidor mundial de petróleo, se manteve estável até agora graças porque Pequim aproveita os baixos preços do petróleo para aumentar suas reservas estratégicas, mas começou a mostrar sinais de enfraquecimento.

A possibilidade de que diminuam as compras do país, somada ao crescente número de poços que os Estados Unidos estão abrindo e ao estado de suas reservas – em seu maior nível nas últimas oito décadas – faz os investidores temerem que se agrave a situação de excesso de oferta no mercado.

A recusa da Organização dos Países Exportadores de Petróleo (Opep) em reduzir o bombeamento e o previsível retorno do Irã aos mercados quando forem suspensas as sanções internacionais contribuíram para que os preços voltassem a cair nas últimas semanas. EFE

0 acharam esta informação útil

0 não acharam esta informação útil

Assuntos desta notícia