Barril do Texas cai 2,47% e atinge valor mais baixo desde março de 2009

Contratos de gasolina para entrega em setembro, os de mais próximo vencimento, caíram US$ 0,05, para US$ 1,71 o galão

Arquivo:UI

Os contratos de futuros do barril do Petróleo Intermediário do Texas (WTI, leve) para entrega em setembro fecharam nesta quinta-feira em baixa de 2,47% na Bolsa Mercantil de Nova York (Nymex), para US$ 42,27, seu valor mais baixo desde março de 2009.

O preço continua em queda livre em meio à incerteza nos mercados de matérias-primas pelo excesso de produção. O petróleo de referência nos Estados Unidos se desvalorizou 30% desde junho, e se a comparação for feita com o patamar de um ano atrás, a queda chega a 60%.

A Agência Internacional da Energia (AIE) reiterou ontem que há um excesso de produção no mercado, embora espere que a demanda cresça neste ano a seu maior nível em cinco anos.

Os contratos de gasolina para entrega em setembro, os de mais próximo vencimento, caíram US$ 0,05, para US$ 1,71 o galão (3,78 litros), e os de gasóleo para calefação para entrega no mesmo mês recuaram US$ 0,02, para US$ 1,56.

Já os contratos de gás natural também para entrega no próximo mês caíram US$ 0,15, para US$ 2,79 por cada mil pés cúbicos.

Com Ag.EFE

0 acharam esta informação útil

0 não acharam esta informação útil

Assuntos desta notícia