Barril do Texas fecha em alta de 1,04%

Os contratos de gasolina para entrega em julho ganharam US$ 0,05, para US$ 2,07

O Petróleo Intermediário do Texas (WTI, leve) fechou nesta terça-feira em alta de 1,04%, aos US$ 61,01, à espera da divulgação do estado das reservas de petróleo nos Estados Unidos, que acontecerá nesta quarta, e pendentes de notícias de Grécia e Irã.

Ao final da sessão na Bolsa Mercantil de Nova York (Nymex), os contratos futuros para entrega em agosto, que a partir de hoje passam a ser referência, subiram US$ 0,63 em relação ao fechamento de segunda-feira.

Após dois dias de perdas, o barril de referência nos Estados Unidos fechou com avanço à espera de informações sobre reservas e com a atenção dos mercados voltada para a crise grega e as negociações do Irã para um acordo sobre seu programa nuclear.

O Eurogrupo extraordinário se reunirá em Bruxelas amanhã, a partir das 14h (de Brasília), e na quinta-feira, com esperança de poder referendar um acordo político sobre a dívida grega.

Além disso, o parlamento iraniano transformou em lei nesta terça as “linhas vermelhas” para chegar a um acordo nuclear com o Grupo 5+1 e que exigem o fim das sanções, a proibição de inspecionar centros militares e preservar o direito do país ao programa de desenvolvimento nuclear.

Por sua parte, os contratos de gasolina para entrega em julho ganharam US$ 0,05, para US$ 2,07 o galão, e os de gasóleo para calefação avançaram também US$ 0,05, Até US$ 1,91.

Já os contratos de gás natural para entrega em julho fecharam com queda de US$ 0,01 e encerraram o dia cotados a US$ 2,72 para cada mil pés cúbicos.

Com Ag.EFE

0 acharam esta informação útil

0 não acharam esta informação útil

Assuntos desta notícia