Barril do Texas fecha em alta de 2,8%, mas se mantém abaixo de US$ 40

Já os contratos de gás natural com vencimento também em setembro subiram US$ 0,04

Refinarias dos EUA

O barril do Petróleo Intermediário do Texas (WTI, leve) fechou nesta terça-feira em alta de 2,8%, para US$ 39,31, recuperando parte da forte queda de ontem, mas ainda mantendo o baixo patamar de mais de seis anos atrás.

Ao final da sessão na Bolsa Mercantil de Nova York (Nymex), os contratos futuros do WTI para entrega em outubro subiram US$ 1,07 em relação ao fechamento de ontem, quando caiu 5,46%. Mesmo assim, o preço de hoje está abaixo da barreira de US$ 40.

Os preços do petróleo vêm despencando desde o segundo semestre do ano passado devido a um excesso de oferta no mercado. O valor máximo de fechamento alcançado em 2014 foi de US$ 107,26 o barril, em 20 de junho.

Por sua vez, os contratos de gasolina para entrega em setembro, ainda os de mais próximo vencimento, caíram US$ 0,03, para US$ 1,44 o galão, e os de gasóleo para calefação fecharam estáveis, a US$ 1,40.

Já os contratos de gás natural com vencimento também em setembro subiram US$ 0,04 e fecharam a jornada cotados a US$ 2,69 por cada mil pés cúbicos.

Com Ag.EFE

0 acharam esta informação útil

0 não acharam esta informação útil

Assuntos desta notícia