Barril do Texas fecha em baixa de 0,73%

Contratos de gasolina para entrega em julho caíram US$ 0,02, para US$ 2,10 o galão

O Petróleo Intermediário do Texas (WTI, leve) fechou nesta segunda-feira em baixa de 0,73%, aos US$ 59,52, em um novo retrocesso depois do nível máximo anual registrado na quarta-feira passada.

Ao final da sessão na Bolsa Mercantil de Nova York (Nymex), os contratos futuros para entrega em julho caíram US$ 0,44 em relação ao fechamento de sexta-feira passada.

O máximo anual anotado até agora no fechamento foi de US$ 61,43 o barril, no último dia 10 de junho.

O preço do WTI, o petróleo de referência nos Estados Unidos, teve um retrocesso maior na quinta e na sexta-feira passadas, mas na jornada de hoje amorteceu suas perdas.

Os analistas não atribuíram o descenso de hoje a uma razão específica, mas à situação de um mercado que enfrenta há meses um excesso de oferta, sem que os principais exportadores tenham intenção de reduzir sua produção.

Por sua parte, os contratos de gasolina para entrega em julho caíram US$ 0,02, para US$ 2,10 o galão, assim como os de gasóleo para calefação, que terminaram o dia cotados a US$ 1,87.

Já os contratos de gás natural para entrega em julho fecharam em alta de US$ 0,14 e encerraram o dia cotados a US$ 2,89 para cada mil pés cúbicos.

Com Ag.EFE

0 acharam esta informação útil

0 não acharam esta informação útil

Assuntos desta notícia