Barril do Texas fecha em baixa de 1,5%

Ao final da sessão na Bolsa Mercantil de Nova York, os contratos futuros para entrega em setembro caíram US$ 0,74

Mais licitações

O Petróleo Intermediário do Texas (WTI, leve) fechou nesta quinta-feira em baixa de 1,5%, aos US$ 48,45 o barril, enquanto seguem as preocupações pela crise de excesso de oferta de petróleo no mundo todo.

Ao final da sessão na Bolsa Mercantil de Nova York (Nymex), os contratos futuros para entrega em setembro caíram US$ 0,74 em relação ao fechamento de ontem.

Os preços do barril do Brent, de referência nos Estados Unidos, voltaram a estar nos piores níveis do mês de abril e apagaram assim o ligeiro aumento que o levou acima dos US$ 60 em maio.

No entanto, a crise na Grécia e a iminente incorporação do Irã ao mercado após o pacto nuclear com as grandes potências pioraram a situação.

Por sua parte, os contratos de gasolina para entrega em agosto caíram US$ 0,01, para US$ 1,85 o galão, enquanto os de gasóleo para calefação perderam US$ 0,02, para US$ 1,65.

Já os contratos de gás natural para entrega em agosto registraram baixa de US$ 0,08 e encerraram o dia cotados a US$ 2,82 para cada mil pés cúbicos.

Com Ag.EFE

0 acharam esta informação útil

0 não acharam esta informação útil

Assuntos desta notícia