Barril do Texas fecha em baixa de 1,67%

Analistas atribuíram a desvalorização de hoje ao anúncio de que as importações de petróleo da China diminuíram 11% este ano

WTI e os preços

O Petróleo Intermediário do Texas (WTI, leve) fechou nesta segunda-feira em baixa de 1,67%, aos US$ 58,14 o barril, influenciado por relatórios que indicam a redução das importações da China, um dos principais consumidores mundiais.

Ao final da sessão na Bolsa Mercantil de Nova York (Nymex), os contratos futuros para entrega em julho perderam US$ 0,99 em relação ao fechamento de sexta-feira.

Os analistas atribuíram a desvalorização de hoje ao anúncio de que as importações de petróleo da China diminuíram 11% este ano, confirmando os sinais que surgiram nesse sentido ano passado.

Os preços internacionais do petróleo vêm sofrendo desde julho do ano passado uma pronunciada queda por causa do excesso de oferta no mercado e a desaceleração do crescimento econômico mundial, assim como na China.

Os contratos de gasolina para entrega em julho perderam US$ 0,02, até US$ 2,01 o galão, e os de gasóleo para calefação US$ 0,01 e terminaram o dia cotados a US$ 1,85.

Já os contratos de gás natural para entrega em julho subiram US$ 0,12 e encerraram o dia cotados a US$ 2,71 para cada mil pés cúbicos.

Com Ag.EFE

0 acharam esta informação útil

0 não acharam esta informação útil

Assuntos desta notícia