Barril do Texas fecha em baixa de 2,88%

Contratos de gasolina para entrega em agosto subiram US$ 0,02, para US$ 1,84 o galão (3,78 litros)

Refinarias dos EUA

O barril do Petróleo Intermediário do Texas (WTI, leve) fechou nesta sexta-feira em baixa de 2,88%, cotado a US$ 47,12, com o que fechou o mês de julho com uma queda acumulada de 20%.

No final da sessão na Bolsa Mercantil de Nova York (Nymex), os contratos futuros do petróleo WTI para entrega em setembro caíram US$ 1,40 em relação ao fechamento de ontem.

O barril do Texas, de referência nos Estados Unidos, acumulou durante os últimos 30 dias uma contundente queda de mais de US$ 12, o que o transforma em seu pior mês neste ano.

Os baixos níveis do preço do petróleo nos mercados internacionais impactaram hoje com força nos resultados de duas das principais petrolíferas do mundo.

Os lucros da Chevron caíram 89% durante o segundo trimestre, enquanto no caso de Exxon Mobil o retrocesso foi de 52%.

Por sua parte, os contratos de gasolina para entrega em agosto subiram US$ 0,02, para US$ 1,84 o galão (3,78 litros), enquanto os de gasóleo para calefação para entrega no mesmo mês caíram US$ 0,01, até US$ 1,58.

Já os contratos de gás natural para entrega em setembro perderam US$ 0,05 e fecharam em US$ 2,71 por cada mil pés cúbicos.

Com Ag.EFE

0 acharam esta informação útil

0 não acharam esta informação útil

Assuntos desta notícia