Barril do Texas fecha em baixa de 3,31%

Contratos de gasolina para entrega em agosto caíram US$ 0,06, para US$ 1,86 o galão

Rússia e a produção

O Petróleo Intermediário do Texas (WTI, leve) fechou nesta quarta-feira com forte queda, de 3,31%, aos US$ 49,19 o barril, após a divulgação de que as reservas dos Estados Unidos de petróleo subiram em 2,5 milhões de barris na semana passada e de o dólar voltar a subir no mercado de câmbio.

Ao final da sessão na Bolsa Mercantil de Nova York (Nymex), os contratos futuros para entrega em agosto caíram US$ 1,67 em relação ao fechamento de ontem.

O Departamento de Energia anunciou hoje a situação das reservas de petróleo nos EUA, que subiram semana passada em 2,5 milhões de barris, até os 463,9 milhões, se mantendo no nível mais alto para esta época do ano em oito décadas.

O aumento das reservas em plena época de crise de excesso de oferta deixou o petróleo de referência nos Estados Unidos abaixo dos US$ 50, o que aumentou a preocupação com a saturação do mercado.

Os contratos de gasolina para entrega em agosto caíram US$ 0,06, para US$ 1,86 o galão, e os de gasóleo para calefação subiram US$ 0,01, para US$ 1,67.

Já os contratos de gás natural para entrega em agosto registraram alta de US$ 0,02 e encerraram o dia cotados a US$ 2,90 para cada mil pés cúbicos.

Com Ag.EFE

0 acharam esta informação útil

0 não acharam esta informação útil

Assuntos desta notícia