Petrobras anuncia avaliação de preços de diesel e gasolina

Com essa revisão, o preço médio do diesel no país será reduzido em 5,7%

Mais mudanças

O Grupo Executivo de Mercado e Preço (GEMP), em reunião realizada ontem, decidiu revisar o cálculo da paridade internacional praticada pela Petrobras no diesel com o objetivo de adequar os preços às mudanças de fluxo logístico e entrada de produtos importados no país.

A decisão mantém inalterada a política de preços em vigor, reafirmando o compromisso da companhia de operar sempre com margem positiva acima da paridade internacional, além de refletir os movimentos de preços observados nos mercados internacionais de derivados.

Com essa revisão, o preço médio do diesel no país será reduzido em 5,7%. Adicionalmente, o GEMP autorizou reajuste de +1,9% para a gasolina, explicado, principalmente, pela variação da cotação do produto no mercado internacional. Ambos os reajustes entram em vigor a zero hora deste sábado, 2 de dezembro.

O aumento das importações no país tem reduzido a participação de mercado da Petrobras que atinge hoje cerca de 72% no diesel e 88% na gasolina. A expectativa é que a nova precificação do diesel não tenha impacto na receita da companhia em virtude da perspectiva de ganhos de mercado.

0 acharam esta informação útil

0 não acharam esta informação útil

Assuntos desta notícia