Rodada da ANP arrecada cerca de R$8 milhões em assinaturas

No total, foi arrematada uma área de 92,89 quilômetros quadrados

Divulgação

 

A ANP apresentou o resultado da 4ª Rodada de licitações de áreas com acumulações maduras, que arrecadou R$ 7.977.983,46 em bônus de assinatura, com um ágio médio de 1991,52%, o maior já registrado em leilões de áreas de acumulações maduras. Além do bônus, estão previstos investimentos de R$ 9.100.000,00 nas áreas arrematadas. O leilão ocorreu nesta quinta-feira (11/05), no Rio de Janeiro.

A licitação ofereceu nove áreas inativas com acumulações maduras, das quais oito foram adquiridas pelas empresas. No total, foi arrematada uma área de 92,89 quilômetros quadrados.

Oito empresas fizeram ofertas, sendo seis vencedoras. O maior bônus de assinatura foi de R$ 5.710.000,00, oferecido pela empresa Newo para a área Itaparica, na bacia do Recôncavo. O maior ágio foi de 8.050,04%, na mesma área. Não houve exigência de conteúdo local porque nestas áreas ele já é naturalmente alto, ficando em torno de 90%.

Áreas inativas com acumulações maduras abrangem a área de concessão com descobertas conhecidas de petróleo e/ou gás natural onde não houve produção ou a produção foi interrompida por falta de interesse econômico.

As áreas foram selecionadas em bacias maduras, com os objetivos de ampliar o conhecimento das bacias sedimentares e oferecer oportunidades a pequenas e médias empresas, possibilitando a continuidade dessas atividades nas regiões onde exercem importante papel socioeconômico.

0 acharam esta informação útil

0 não acharam esta informação útil

Assuntos desta notícia