S&P mantém nota da Raizen em ‘BBB’ e reafirma perspectiva em estável

Apesar do cenário econômico do País fraco, empresa segue inovando e com forte fluxo de caixa

Agência e a Raízen

A agência de classificação de risco Standard & Poor’s (S&P) manteve a nota da  Raízen Combustíveis SA e Raizen Energia em escala global ‘BBB’ e escala nacional ‘brAAA’ ratings da Raízen.

A S&P considerou que a Raízen tem mantido um fluxo de caixa estável com métricas de geração e de alavancagem, apesar de a economia brasileira estar mais fraca tornando o preço em distribuição de combustíveis e os fundamentos da indústria desfavoráveis ​​para a cana.

No comunicado, a agência afirma que a escala global ‘BBB’ e escala nacional ‘brAAA’ ratings da Raízen se dá com perspectiva estável e reflete a visão de que a Raízen continuará a gerar bom fluxo de caixa.

A empresa continuou a expandir seu combustível na operação de distribuição através de aquisições e volumes crescentes com a “bandeira branca” e postos de gasolina à sua marca forte, Shell.

Além disso, a empresa tem se concentrado no aumento da eficiência operacional da área em cana. Esta consistiu no encerramento de uma planta industrial para otimizar a utilização da capacidade global e renovar suas plantações para compensar os fracos preços mundiais do açúcar e para os níveis de produtividade mais baixos, resultado da seca.

Em 29 de maio de 2015, a S& P reafirmou o seu ‘BBB’ global escala e de crédito ‘brAAA’ na Escala Nacional Brasil corporativa e de nível de emissão ratings da distribuidora de combustíveis Raízen Combustíveis SA e da processadora de cana Raizen Energia SA, referidas em conjunto como Raízen, que é uma joint-venture entre a Royal Dutch Shell PLC  e Cosan S.A. Indústria e Comércio. A perspectiva para todos os ratings permanece estável.

0 acharam esta informação útil

0 não acharam esta informação útil

Assuntos desta notícia