BM&FBovespa: Carbon Disclosure Program pede informações sobre mudanças climáticas

No Brasil, o CDP solicita informações às empresas listadas no índice IBrX 100

Bolsa em queda

A BM&FBovespa está alertando as empresas integrantes do IBrX 100 que o prazo  para fornecerem suas respostas ao pedido de informações feito pelo Carbon Disclosure Program (CDP), organização internacional sem fins lucrativos, responsável pelo mais completo sistema global de divulgação ambiental, termina no próximo dia 30. Compõem o CDP e, portanto, assinam o pedido de informações 822 Investidores Institucionais globais com US$ 95 trilhões sob gestão, sendo 63  brasileiros, com US$ 2,1 trilhões de ativos. As informações são coletadas por meio de questionário anual encaminhado às 5.000 maiores empresas abertas do mundo.

No Brasil, o CDP solicita informações às empresas listadas no índice IBrX 100.

O sistema global do CDP fornece aos investidores informações relevantes que os habilitam a engajar as companhias de seus portfólios de investimentos para o uso eficiente dos recursos naturais, visando à proteção de seus ativos contra os riscos regulatórios futuros em mudanças climáticas e energia, às restrições de acesso aos recursos hídricos e demais recursos naturais.

A transparência de informações socioambientais é uma das linhas estratégicas adotadas pela BM&FBovespa e está em linha com sua Política de Sustentabilidade aprovada pelo Conselho de Administração em abril de 2013. A BM&FBovespa responde desde 2009 ao questionário do CDP e é também membro de seu Conselho Consultivo.

0 acharam esta informação útil

0 não acharam esta informação útil

Assuntos desta notícia