Theresa May diz estar decepcionada com saída dos EUA do Acordo de Paris

Trump anunciou ontem a retirada do seu país do Acordo de Paris com o argumento que esse pacto põe em "permanente desvantagem" a economia e os trabalhadores americanos

Reino Unidos - Theresa May

A primeira-ministra do Reino Unido, Theresa May, manifestou ao presidente dos Estados Unidos, Donald Trump, a sua decepção pela decisão de abandonar o Acordo de Paris sobre a mudança climática, informou nesta sexta-feira a residência de Downing Street.

Em uma conversa telefônica ontem à noite, após o anúncio de Trump, Theresa salientou que o Reino Unido segue comprometido com o acordo assinado em 2015, destinado a reduzir as emissões de gases do efeito estufa nos próximos anos.

Segundo o comunicado do escritório oficial da primeira-ministra, Trump telefonou para explicar a sua decisão de tirar os EUA do importante pacto, assinado por quase 200 países.

“A primeira-ministra expressou a sua decepção pela decisão e ressaltou que o Reino Unido permanece comprometido com o Acordo de Paris, como declarou recentemente em reunião do G7, na Itália, acrescentou a nota.

“Ela disse que o Acordo de Paris fornece a estrutura global adequada para proteger a prosperidade e segurança das futuras gerações, enquanto se mantém uma energia acessível e segura para os nossos cidadãos e negócios”, afirmou Downing Street.

Além disso, os dois líderes concordaram na importância de continuar com a cooperação em assuntos na pasta de energia.

Trump anunciou ontem a retirada do seu país do Acordo de Paris com o argumento que esse pacto põe em “permanente desvantagem” a economia e os trabalhadores americanos.

Com Ag. EFE

0 acharam esta informação útil

0 não acharam esta informação útil

Assuntos desta notícia